Como Fazer um Vídeo Bombar na Internet

Algumas coisas simplesmente não se explicam! Você ver cada vídeo nada a ver com milhares de visualizações, e vai desde gato entrando em uma caixa ou um bebê sorrindo, um tombo, e de repente viraliza…hehehe…

Mas porque o dito vídeo virou um viral? Porque era engraçado, curto, simples, surpreendente, foi bem divulgado no Youtube e Facebook?

O Analista de Sistemas  dá três dicas sobre o tema, não te garanto que dê certo, porque o que rola nas redes sempre nos surpreende quanto ao resultado! Confira as dicas dele:

Dica 1: Desenvolva uma grande ideia – Apesar de existir várias formas de entregar um produto ou serviço, o primeiro passo é com a escolha do conteúdo. Embora existam muitas empresas que fazem sucesso com vídeos engraçados e que acabam circulando pelo mundo com sua criatividade, existem outras que tem o mesmo sucesso sem uma mensagem forçada ou pesada. O truque está na integração da marca de uma forma natural e eficiente.

Dica 2: Crie novidades – Outra técnica para a criação de conteúdos virais é inserir novidades para o público. Por exemplo, a Disney recentemente utilizou a tecnologia para criar um vídeo onde você poderia inserir dinamicamente seu nome e compartilhar com todos seus amigos dizendo que todo o parque, naquele dia, havia sido reservado para você. É ou não uma excelente ideia de divulgar sua marca com todos os amigos dos seus visitantes?

Outro exemplo é observando seu próprio concorrente, se ele utiliza apenas um blog ou site para conversar com o público-alvo, dificilmente você conseguirá viralizar o seu produto ou serviço utilizando o mesmo canal. Improvise, reinvente. Faça diferente para atrair novos seguidores, entregue um bom conteúdo por meio de um podcast, infográficos ou um vídeo, por exemplo. Seja único.

Dica 3: Promova o conteúdo – Você já elaborou um bom conteúdo e fez diferente dos concorrentes, mas… e agora? Muitas empresas pensam que podem simplesmente tornar público e esperar o sucesso cair do céu. Em alguns casos pode até funcionar, mas é preciso um empurrãozinho para uma campanha pegar fogo, no bom sentido, claro.

Tenha em mente que o YouTube tem mais de 20 horas de vídeo sendo enviado a cada minuto, ou seja, o mercado é competitivo. O primeiro passo é certificar-se de que o seu conteúdo está habilitado para ser compartilhado. Isto significa que se você quiser divulgar um vídeo em seu próprio site, você deve ter um reprodutor que permita a incorporação e o compartilhamento. Devem haver links para promovê-lo em sites de redes sociais como o Facebook, Delicious, Twitter e WhatsApp.

Além disso, você deve certificar-se de que tanto o site quanto o vídeo estão de acordo com as técnicas de SEO. Os vídeos, assim como páginas de web, também podem ser otimizados para serem vistos pelos motores de busca. O YouTube tem algoritmos de busca que procuram por palavras-chave nas tags de título e descrição.

É isso ai! Espero que as dicas do Victor Jezus que compartilhei acima sejam úteis para você que encontrou esta postagem!

Ah, compartilho com você um vídeo do Curitiba Coral, (https://www.facebook.com/Curitiba-Coral-194227894246798/) que ainda não viralizou, mas se você ajudar a gente compartilhando no seu Facebook você pode fazê-lo bombar rapidinho hehehe! Faz a gentileza! Abraço!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s